BBPRG no Prêmio de Teses da CAPES

O Brazilian Back Pain Research Group, pela segunda vez, é contemplado no Prêmio de Teses da CAPES.

Dessa vez, a doutora Flavia Medeiros, orientada pela professora Luciola Costa e co-orientada pelo professor Leonardo Costa, recebeu uma menção honrosa; ficando entre as três melhores teses de doutorado do país das áreas de educação física, fisioterapia, terapia ocupacional e fonoaudiologia.

A tese abordou tópicos relacionados à dor musculoesquelética, especificamente sobre o prognóstico da dor lombar explorando o uso do STarT Back Screening Tool (SBST) no Brasil. O SBST classifica subgrupos de prognóstico de pacientes com dor lombar e tem sido utilizado mundialmente, mas não havia sido estudado em países em desenvolvimento. O objetivo foi explorar o SBST em diferentes níveis de atenção a saúde na população brasileira. Para isso desenvolvemos 7 estudos (4 coortes prospectivos, 1 coorte retrospectivo, 1 estudo de propriedade de medida e 1 de tradução e adaptação transcultural).

No ano de 2018, a Dr Alessandra Garcia, também orientada no BBPRG recebeu o prêmio de teses da CAPES.

Flávia Medeiros

Ver tese

CONTEÚDOS EM DESTAQUE

O Brazilian Back Pain Research Group, pela segunda vez, é contemplado no Prêmio de Teses da CAPES

SAIBA MAIS

BMJ Open: Estudos piloto e de viabilidade, por Luiz Scola

SAIBA MAIS

Terapia de fotobiomodulação não diminui dor e incapacidade para dor lombar não específica

SAIBA MAIS